Novos tempos

Tenho que desabafar estou adorando essa crise! Já comentei com algumas pessoas e todas ficam indiguinadas quando me escutam falar isso mas eu sinceramente penso que o mundo precisava de uma crise para dar luz a um novo modo de gestão. Pode ser que seja muito doloroso nesse início mas estamos começando a dar os primeiros passos desengonçados de um futuro corredor profissional. Essa crise faz crescer em mim uma sensação de nova era, de novas possibilidades, a oportunidade de vivenciar um momento de mudança que imaginava ser capaz de ver em apenas 40 ou 50 anos me faz acordar ainda mais entusiasmado e criar planos para o futuro.

Empresas já estavam suplicando por mudanças prova disso são  gerentes e diretores sobrecarregados e estressados, pessoas trabalhando pelo medo, alienação do poder criativo, desconfiança em todos os sentidos e áreas imagináveis da organização, empresas sem propósito, sem sonho, valores e princípios desumanos sem contar a tendência a se ignorar o subjetivo e supervalorizar a razão mesmo indo contra a própria natureza humana.

A queda de grandes ícones faz com que o povo perca a confiança nos líderes empresarias e comecem a entender que precisamos criar um novo jogo e não continuar jogando o antigo. Será que não estávamos seguindo uma linha de produção que atrofiava? Precisamos mesmo de toda essa desconfiança? O Lucro e as metas são mesmo sempre mais importantes do que as condições e valores? As empresas precisam ser tão desumanas para alcançar seus resultados? Vivemos em empresas tão eficazes que realmente não vemos como melhorá-las? Espero que essa crise abra os olhos dos gestores do futuro para que entendam de uma vez por todas, que vivemos em uma nova era. Como diria um grande consultor de meu respeito ‘ agora vivemos na era da humanidade 2.0, do imediatismo’ as regras do jogo mudaram, as pessoas mudaram e ficamos para trás, estávamos em desequilíbrio essa crise veio como um choque elétrico para que dispertássemos do sono profundo e passássemos a criar o futuro ao invés de continuar construindo o passado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s