Políticas de contratação

17082_graduate20recruitmentPorque as políticas de contratação são tão importantes para algumas empresas? Um empresa que funciona como uma comunidade, uma empresa que sonha, está em constante mudança. Algumas vezes terá de demitir funcionários por não estarem agindo de acordo com os valores da empresa, outras vezes um pequeno grupo de pessoas mudarão a idéia de “quem somos nós” e “quem não é”. É necessária uma atenção redobrada para garantir que a empresa esteja sempre injetando novos talentos para si.

O recrutamento deve começar com a definição da empresa sobre o que ela considera desejável ou não, depois deve-se pensar no tamanho e na quantidade de membros da comunidade. Por exemplo, a empresa presume que terá pouco crescimento nos próximos cinco anos com isso deve-se pensar: Quantos membros teremos que contratar para compensar todas as aposentadorias, pedidos de demissão, doenças etc? Depois a empresa deve criar diversos tipos de cenários futuros para não ser pega de surpresa, nesse ponto a empresa deve pensar: Com um crescimento de 5,5% ao ano quantos novos funcionários deverão ser contratados? Existe alguma área da empresa que tende a crescer mais do que as outras? Ao considerar esses cenários a empresa estará criando uma meta de quantas contratações/ano deverão ser feitas, veja bem, é uma meta mas não se pode assumir que a empresa terá certeza a quantidade exata de indivíduos que deverão que ser contratados ou se conseguirá contratar o número necessário de pessoas com as qualificações e valores necessários.

Porque as coisas dão erradas? Muitas vezes as empresas não pensam que por exemplo quando em uma geração da empresa pessoas interferem na velocidade de expansão, quando os tempos ficarem difíceis e for decidido demitir pessoas, um preço muito mais alto será pago. Alguns anos depois os sucessores desses vão fazer uma reunião para definir novos líderes e vão descobrir que a geração que eles deverão usar para sucedê-los está muito rala em qualificação.

As coisas também podem dar erradas se uma área crescer desproporcionalmente, pois a contratação devera seguir esse crescimento e anos depois a empresa terá perdido diversidade, muitas pessoas vão falar a mesma língua e entrar em acordo muito rápido.

As pessoas que fazem novas contratações nas empresas não podem ser vistas apenas como um veiculo para trazer novas pessoas. Daqui vários anos a qualidade dos líderes da empresa vai depender em parte da qualidade das pessoas que realizam as novas contratações. Jim Collins em seu livro Build to last mostra que em 700 anos de experiências combinadas de todas as empresas visionarias estudadas em seu livro foram encontrados apenas 4 casos de empresas que encontraram seus CEO’s no mercado, e os 4 casos foram em apenas duas empresas.

2 comentários sobre “Políticas de contratação

  1. Por isso, só agora o departamento de RH das empresas está sendo visto como uma unidade estratégica e não mais operacional.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s