Surrealism-Real-World11may05

Nossa nada ordinária vida

Nos últimos dias pensei muito sobre a ingratidão que as vezes temos com a vida. Após tanto tempo sem escrever, este post: “Nossa nada ordinária vida”, tenta mostrar como somos cegos diante as oportunidades que existem na nossa frente.

Boa parte da humanidade se encontra hoje com vícios mentais propícios a uma vida de desilusões, explico. Quantas pessoas você conhece, ou mesmo você, já esteve na situação de acreditar que um objeto ou uma pessoa, possui algo a nos oferecer a mais do que aquilo que nós mesmo projetamos sobre elas? Acreditar que pessoas e objetos tem a capacidade de nos trazer felicidade traz um alívio instantâneo que acaba momentos depois de obtermos o objeto/pessoa de desejo, nos deixando novamente na agonia de encontrar outro objeto para desejar (vícios mentais).

Acreditar que se é sem graça e trabalhar sem gerar a nenhum impacto positivo no mundo ao invés de ter a compreensão de que somos seres tão imensamente envoltos em oportunidades, quando comparados com a maioria dos nossos companheiros terráqueos. Temos uma vida de semi-deus. Dúvida? Dê uma olhada nesses dados levantados por diversas pesquisas do Reino Unido, dos mais diversos trilhões de animais encontrados no planeta terra, quando nós subimos a escala para os 6 bilhões de seres humanos, o que o que se encontra de acordo com as análises, pode te deixar de queixo caído:

1. 2,5 bilhões de pessoas vivem com menos de 2$ por dia. Colocando em outras palavras, 40% da população mundial recebe apenas 5$ por mês. Eu disse 40%.

2. Uma VACA na União Européia “ganha” mais do que a maioria das pessoas que vivem na África, com seus donos recebendo em torno de US$2,20 enquanto 75% dos africanos vivem com menos de 2$ por dia.

3. No andar da carruagem, levará mais de 130 anos para acabarmos com a fome no mundo.

4. A cada hora, 1.200 crianças morrem nos países mais pobres pelo contágio de doenças das quais já sabemos a cura.

5. Hoje, alguém vivendo na Zâmbia, tem menos chance de chegar aos 30 anos do que uma pessoa nascida na Inglaterra em 1840.

6. Todo ano, aproximadamente 900.000 pessoas, em sua maioria mulheres e crianças, se tornam vítimas do tráfico de pessoas.

7. 113 milhões de crianças não estão na escola. 97% delas em países em desenvolvimento.

8. Dos 200 países apenas 82, com 57% da população mundial, são totalmente democráticos.

9. 61 países com 38% da população mundial ainda não possuem imprensa livre.

10. No pakistão, 2 milhões de crianças não tem acesso a educação por serem mulheres.

Por trás dessa lista existem horrores que acontecem todos os dias que estão além da nossa imaginação. Para muitos de nós vivemos vidas ‘modestas’ com estilos de vida de ‘classe média’ o que pode ser verdade se escolhermos ser míopes e enxergar a situação de apenas 0,0001% das pessoas que convivem ao nosso lado. O que podemos observar é que a grande maioria das pessoas nesse planeta não possui acesso a 1/10 das oportunidades que nós recebemos de graça!

O sistema de saúde público, político, judicial de educação e por aí vai que nós tanto criticamos é na verdade muito, mas muito acima da média mundial. Nossos hospitais são Palácios! Minha reflexão não vem para pararmos de lutar pelo desenvolvimento do nosso país e dos sistemas por ele criados, mas sim, para que ao menos enquanto leiam este texto reflitam e percebam que apenas pelo fato de voce estar lendo esse blog provavelmente já te coloca entre os top 10% dos seres mais sortudos do planeta, com a possibilidade de viver e curtir a vida como 90% do mundo pode somente sonhar.

Nesse contexto perceba quão fútil fica passar a vida se preocupando hoje apenas em mudar de entre os ”top 10%” da para o ”top 8%” da população para poder trocar aquele carro ou comprar aquela mansão. Nós JÁ somos vencedores de uma fortuna imensurável e o mínimo, seja grato a isso! Sorria!. Viver a vida na ganância de procurar a felicidade em mais e mais coisas parece algo extremamente ingrato e nos torna seres rabugentos.

Onde quero chegar? Passar a nossa vida se queixando sobre nossos trabalhos, frustrações, ambições e irritações domésticas é ridículo e triste. No entanto todos sabemos que no dia a dia, nos perdemos. Somos seres emocionais que usamos a razão para explicarmos nossas emoções e com a vida agitada que levamos não é difícil perder controle de nossa mente. Para tanto existe uma infinidade de ferramentas: Meditações, exercícios físicos, esportes, ensinamentos entre outras diversas formas de se atingir a paz interior, estar mais presente e viver a vida em maior plenitude. Por meio destas atividades evoluímos como pessoas entendendo melhor a real aparência das coisas, nossas angústias, aflições e acalmamos nossa mente, entrando em um estado mental mais evoluído.

Tudo o que você precisa para ser feliz já esta dentro de voce!

Fica a reflexão.

[]s

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s